22 de agosto de 2009

Tenho um Fascínio Fatal pelo Japão e seus Autores




Se acham a devastação da vida de Michael Jackson, mesmo post mortem, uma excitação invulgar, ou as revelações de John Lennon recuperadas numa entrevista perdida sobre o fim da mítica banda dos betinhos ingleses, a ser publicada brevemente pela revista Rolling Stone, um facto que vai contribuir de sobremaneira para uma nova leitura da pop ocidental das últimas décadas do século XX, ou se prefere devorar a imprensa nacional de fim de semana em busca dos factos mais irracionais quanto possíveis do dia a dia dos cantidatos a 1ª Ministro, então não leia este excelente livro de Kazuo Ishiguro, japonês nascido em Nagasaki em 8 de Novembro de 1954 e educado desde cedo em solo europeu, mais propriamente inglês. O livro - quase me esquecia - chama-se Nocturnos, é uma edição da Gradiva, e é muito bom. Ou como diria alguém don't remember where or when: eu amei este livro!

6 comentários:

Paula disse...

"Um livro para quem se recusa a perder a esperança e insiste em ver o lado positivo de tudo o que sucede." :)
Fiquei curiosa em relação ao livro.
Cumprimentos.

Luís Almeida disse...

Paula,
Penso que vai gostar e muito.

Anónimo disse...

O ipsilon do Público dá-lhe 5 estrelas ! Seja como for prefiro a tua opinião
JNAS

Marina disse...

Vou seguir a sugestão. Também adoro outro escritor japonês Haruki Murakami.

Marina disse...

Aliás...agora que prestei mais atenção foi precisamente Haruki Murakami que lhe "emprestou" o nome para o Blog :)

Luís Almeida disse...

Muito obrigada pela sua presença no Pássaro de Corda!

Pergunto: como chegou até aqui?

Parabéns pelo seu blogue, já o adicionei à minha lista de blogues. Sempre que quiser, comente. Boas leituras!