12 de agosto de 2008

Livro do Ano

2008 vai entrar no seu último quadrimestre. São muitos os candidatos ao título Livro do Ano, mesmo como todos os autores laureados com prémios oficiais, mediáticos. Eu arrisco dizer que o autor que escreveu ..................................., que tem Barcelona como pano de fundo, será o vencedor antecipado da tão reclamada qualidade ficcional que vai rareando por essas literaturas fora, assim como a nível comercial. O livro não foi ainda traduzido, leio-o em castelhano como um verdadeiro aficcionado. No próximo natal estejam atentos.

Contudo, o debate para o livro do ano está aberto.

1 comentário:

Anónimo disse...

http://carloscesarsilva.blogspot.com/